João 4:19-26.
Introdução:
A.      O texto que li faz parte do relato do encontro de Jesus com a mulher samaritana.
B.      Os versículos que li tratam, especificamente, de um assunto de grande relevância: A adoração.
C.      É importante observar que em apenas 5 versículos a palavra ADORAR e as suas variáveis aparece nada menos do que 10 vezes.
D.     Tal concentração da palavra adoração não aparece em nenhuma outra parte da Bíblia Sagrada.
E.      Hoje eu quero tratar exatamente do assunto da adoração.
F.       Antes de qualquer coisa, porém, nós precisamos saber qual o significado da palavra adoração – Você sabe o que significa adorar?
G.     É bem provável que muita gente se surpreenda ao descobrir o significado da palavra adoração.
1)      A origem da palavra adoração:
1.      No hebraico do V. T. – BHÔDHÂ.
2.      No grego do N. T. – LATREIA.
2)      O seu uso:
1.      Em ambos os casos se refere ao serviço prestado por um escravo.
2.   Portanto, no seu conceito básico, a adoração é serviço prestado por um escravo ao seu senhor.
3.       Adorar é, pois, a atitude de um servo que, com humildade, presta serviço a Deus.
4.    A fim de prestar este serviço, os servos devem assumir uma postura de humildade, como quem se prostra perante alguém.
H.     É interessante observar que no seu encontro com Jesus, foi a mulher samaritana quem introduziu o assunto da adoração – V. 20 – Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.
Trans: A partir desta declaração da mulher samaritana, Jesus discorreu sobre o assunto da adoração e ensinou algumas verdades preciosas…
I. Primeira Verdade – Deus Está Procurando Adoradores – V. 23 – Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.
A.     Quando se fala de adoração é necessário que se apresente três fatos fundamentais:
1)      Primeiro fato – Sobre Deus – Ele existe para ser adorado:
1.      Deus é um ser tão grande em majestade, glória e poder que a única posição que cabe a Ele é a de ser adorado.
2.      Qualquer outra posição é estranha ao caráter de Deus.
3.   O rei Salomão reconheceu este fato e disse – 1 Cr.16:29  – Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome; trazei oferendas e entrai nos seus átrios; adorai o SENHOR na beleza da sua santidade.
2)      Segundo fato – Sobre toda a criação – Toda a criação existe para adorar a Deus:
1.      A criação inanimada existe para que através dela, Deus seja adorado:
a) O céu e o firmamento – Sal 19:1 – Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos.
b) Os astros celestes – Salmos 148:3 – Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes.
2.  Todo o reino animal – Salmos 150:6 – Todo ser que respira louve ao SENHOR. Aleluia!
3.   Os seres celestiais – Salmos 148:2 – Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todas as suas legiões celestes.
3)      Terceiro fato – Sobre o homem – O homem,  principalmente, o homem foi criado para adorar a Deus:
1. Quando Deus decidiu criar o homeme tinha um propósito definido – Ele deveria ser um adorador.
2. Por isso, o homem foi criado pelas próprias mãos de Deus – E feito à sua imagem e semelhança.
3.   Não há outro motivo mais importante do que este para Deus nos criar – É para que nós o adoremos.
4.    Este propósito não é exclusividade dos crentes – Todo homem foi criado para adorar a Deus – Sal 96:7 – Tributai ao SENHOR, ó famílias dos povos, tributai ao SENHOR glória e força.
B.      Portanto, nada mais natural que Deus esteja procurando adoradores – Como disse Jesus  – V. 23 – Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.
 
II. Segunda Verdade – Deus Está Procurando Adoradores Sinceros – Vs. 23-24 – Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
A.     Isto significa que Deus é bastante exigente na escolha dos seus adoradores.
B.      Não é somente dizermos que estamos adorando a Deus.
C.      Ele está procurando adoradores que o adorem em espírito em verdade.
D.     Muitas vezes dizemos: Vou ao templo adorar – Mas o que fazemos?
1)      Assistimos aos cultos apenas na noite de domingo.
2)      Chegamos atrasados ou ficamos fora do templo e entramos apenas quando vemos que o culto já começou.
3)      Chegamos ao templo, mas não para adorar e sim para nos divertir.
4)      Chegamos aqui, mas sem uma verdadeira atitude de humildade.
5)      Permanecemos aqui, mas apenas de corpo presente, pois a mente está focada noutro lugar.
6)      Ficamos conversando, mexendo no celular e nos levantando.
7)      Mal abrimos a boca para cantar os louvores.
8)  Cantamos e nem pensamos no que estamos cantando: “Venho Senhor minha vida oferecer…”
9)      Ouvimos o sermão, mas não procuramos colocar em prática.
10)  Não entregamos a Deus os dízimos e as ofertas.
11)  Na segunda-feira falta pouco para nos esquecermos que somos crentes.
E.      Será que nós pensamos que isso é adoração? Você já praticou o exercício de parar para pensar em quem nós devemos adorar? Algumas pessoas da Bíblia fizeram isso:
1)      O profeta Isaías – A visão da majestade de Deus  – Isaías 6:5 – Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos!
2)      O profeta Daniel – A visão do Filho do Homem– Daniel 10:5-6, 8-9 –  Levantei os olhos e olhei, e eis um homem vestido de linho, cujos ombros estavam cingidos de ouro puro de Ufaz; 6  o seu corpo era como o berilo, o seu rosto, como um relâmpago, os seus olhos, como tochas de fogo, os seus braços e os seus pés brilhavam como bronze polido; e a voz das suas palavras era como o estrondo de muita gente. 8  Fiquei, pois, eu só e contemplei esta grande visão, e não restou força em mim; o meu rosto mudou de cor e se desfigurou, e não retive força alguma. 9  Contudo, ouvi a voz das suas palavras; e, ouvindo-a, caí sem sentidos, rosto em terra.
3)      João – Quando viu o Cristo glorificadoApocalipse 1:17a. – Quando o vi, caí a seus pés como morto.
4)      Saulo – No caminho Damasco, quando ouvi a voz de Jesus e foi convertidoAtos 9:3-6a. – E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. 4  E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? 5  E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. 6  E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que faça?
F.       É uma pena, porém atitude assim são raras, nós perdemos a noção do que significa adorar a Deus.
G.     Contudo, Deus percebe isso – Percebe e protesta:
1)      No V. T., Ele disse– Isaías 1:13 – Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e também as Festas da Lua Nova, os sábados, e a convocação das congregações; não posso suportar iniqüidade associada ao ajuntamento solene.
2)     Jesus disse no N. T. – Mateus 15:8 – Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
H.     Jesus foi bastante claro – V. 24 – Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
 
III. Terceira Verdade – É Necessário Entender Certas Verdades Sobre a Adoração –V. 24 – Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
A.     Na verdadeira adoração, o lugar é uma questão secundária, o que importa é a realidade espiritual, que deve constante todos os dias:
1)      Jesus disse Mateus 18:20 – Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.
2)      A Mulher samaritana não entendia isso, por isso, disse a Jesus– V. 20 – Nossos pais adoravam neste monte; vós, entretanto, dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.
3)      Mas Jesus repreendeu-a– V. 21 – Disse-lhe Jesus: Mulher, podes crer-me que a hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai.
B.      A verdadeira adoração deve ser individual e espiritual e dirigido pelo Espírito Santo – V. 24 – Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.
C.      A verdadeira adoração deve ser sincera e vinda do coração – V. 23 -Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.
D.     A verdadeira adoração é uma atitude consciente e não uma sessão de histeria – V. 22 – Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus.
E.      A verdadeira adoração envolve uma entrega total a Deus: Corpo, mente, alma e bens materiais:
1)      A mulher abandonou o seu cântaro –V. 28a. – Quanto à mulher, deixou o seu cântaro.
Ø  Salmos 96:8 – Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome; trazei oferendas e entrai nos seus átrios.
2)      E se tornou um instrumento nas mãos de Deus – Imediatamente começou a evangelizar o povo da sua cidade – Vs. 28-29 – Quanto à mulher, deixou o seu cântaro, foi à cidade e disse àqueles homens: Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo?!
F.       A verdadeira adoração é exclusiva a Deus – V. 25-26- Eu sei, respondeu a mulher, que há de vir o Messias, chamado Cristo; quando ele vier, nos anunciará todas as coisas. Disse-lhe Jesus: Eu o sou, eu que falo contigo.
1)      O primeiro mandamento da Lei de Deus diz assim– Êxodo 20:3 – Não terás outros deuses diante de mim.
2)      Jesus disse a satanásMateus 4:10b. – Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto.
3)      E Deus mesmo determinou que não divide a sua glória com ninguémIsaías 48:11 – Por amor de mim, por amor de mim, é que faço isto; porque como seria profanado o meu nome? A minha glória, não a dou a outrem.
Conclusão:
A.      Tudo o que Deus nos dá ou permite que nós façamos, tem um só objetivo: A adoração a Ele.
B.      O louvor faz parte da adoração, mas adorar significa muito mais do que louvar é servir a Deus com sinceridade de coração.
C.      Somente pode adorar a Deus um coração que foi purificado e salvo pelo sangue de Jesus – Salmos 29:2 – Tributai ao SENHOR a glória devida ao seu nome, adorai o SENHOR na beleza da santidade.

Como crentes devemos fazer das nossas vidas um constante e permanente culto a Deus – 1 Coríntios 10:31 – Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.              Pr. Hiramar Paiva, sábado, 26 de novembro de 2013