– Quando passamos por algum momento de provação, devemos exercitar nossa fé, crendo que Deus está no controle de todas as coisas, limitando as ações de Satanás e dos demônios, controlando a milícia celestial, encarregando os seus anjos de trazer resposta às nossas orações.
– Estar no controle é: Ter o poder de interferir no processo em qualquer momento; dirigir; governar; mandar; elevar-se; dominar.
I. Nos momentos de provações, devemos lembrar-nos de que:
1 — Deus mantém o controle sobre Satanás e os demônios
– Observemos a história do patriarca Já (Jó 1.22). O Senhor deu testemunho acerca da fidelidade dele. Em Já 1.12, Deus mostra que está no controle da situação e limita as ações de Satanás.
2 — Deus mantém o controle sobre os Seus anjos
– Em 1 Crônicas 21.7-15, observamos como Deus se indignou porque Davi enumerou o povo de Israel, e vemos como Ele enviou um anjo que matou de uma só vez 70 mil pessoas. Depois o Senhor mandou o anjo parar.
3 — Deus está no controle do universo
– Os planetas continuam em plena harmonia, girando no espaço sideral, porque Deus está no controle do universo. O Senhor fez a terra e nela criou o homem, e a todos os Seus exércitos deu a Sua ordem (Is 45.12).
4 — Deus está no comando da história
– Nós escrevemos a nossa história, mas Deus está no controle de tudo isso. Ele também controla a história da Sua Igreja. Em Atos 1.8, o Senhor prometeu revestir os Seus discípulos de poder. Ele estava no controle quando enviou o Seu Filho ao mundo (Gl 4.4).
5 — Deus controla a nossa vida
– Deus estava no controle de nossa vida mesmo antes de nascermos (Sl139.16). Antes do nosso nascimento, Deus estava escrevendo em Seu livro a nossa vitória. Ele controla até os pequenos aspectos de nossa vida (Mt 10.30).
II. Se Deus está no comando de tudo, devemos:
1 — Confiar que Ele sara as nossas feridas
– O Senhor nos despedaça e nos sara (Os 6.1). Ele permite a luta, a adversidade, e o mal que tem atribulado a nossa vida, porém tem o poder de mudar o rumo de nosso caminho, sarar as nossas feridas, transformar o nosso ser, mudar toda a nossa rotina.
2 — Confiar nas palavras de Jesus
– Devemos agir como o centurião de Cafarnaum (Mt 8.5-10), que respondeu: dize somente uma palavra, e o meu criado sarará (Mt 8.8). Basta apenas uma palavra de Jesus para que a sua vida seja abençoada.
3 — Estar tranqüilos
– Lance sobre o Senhor toda a sua ansiedade (1 Pe 5.7). Deposite o seu problema nas mãos dele e deixe que Ele peleje por você. O Deus ao qual você serve está no controle de todas as coisas.
4 — Esperar em Deus
Mesmo que você esteja atravessando situações difíceis, se não tiver encontrado nenhuma saída para os problemas que o afligem, se a resposta às suas orações tem demorado, não desista de esperar no Senhor (Si 27.14).
5 — Exercitar a nossa fé
– Abraão foi justificado pela fé porque continuou esperando no cumprimento da promessa que Deus lhe fizera: de que a sua descendência seria uma grande nação. Ele não duvidou da promessa de Deus por incredulidade (Rm 4.20). Tenhamos a mesma fé que teve esse patriarca.
6 — Adorar a Deus
– Faça como Davi, que, depois que a criança, fruto do pecado de adultério, morreu, levantou-se da terra, lavou-se, ungiu-se, mudou as suas vestes e entrou no templo de Deus para adorá-lo (2 Sm 12.20).
Conclusão
– Se você tem sido vitorioso e atravessa o melhor momento de sua vida, saiba que isso se deve ao fato de Deus estar no controle de todas as coisas. 
– Se, por outro lado, você está atravessando momentos de tribulação, procure entender que Deus também está no controle das situações difíceis.
PrSilasMalafaia