LEVANTAI OS OLHOS | Esboço de Sermão - Pregações e Estudos Biblicos
LEVANTAI OS OLHOS | Esboço de Sermão – Pregações e Estudos Biblicos

PASTOR AGNALDO REIS

 

JOÃO  4 ; 35

Não dizeis vós que ainda há quatro meses e vem a colheita? Eis que vos digo: levantai os vossos olhos e vede os campos, porque já estão brancos para a ceifa.

 

 

Quando Jesus diz aos seus discípulos para levantar os olhos, em outras palavras eles estava dizendo para eles mudarem o foco da visão, e parar de olhar para baixo, parar de olhar para coisas terrenas, e olharem para as coisas do céu.

 

I)LEVANTAR OS OLHOS(MUDAR O FOCO)

Quando falamos de mudança de foco,  uma das personagens na bíblia que mas me chamam a atenção é o conhecido como homem do tanque; um moço que estava doente a mais de trinta e oito anos, e a muito anos vivia no tanque de Betesda, um lugar onde viviam uma multidão esperando o movimento das águas.

 

1)HOMEM DO TANQUE

SUA VIDA NO TANQUE SE RESUMIA APENAS EM   OLHAR PARA:

 

a)ANJO

O moço do tanque, passou a vida na expectativa de conseguir vê um anjo descendo no tanque para agitar as águas, e hoje as coisas não são muito diferentes.

Despois de ter tido muitas oportunidades de pregar em vários estado do Brasil, já pude perceber com clareza que a maioria das pessoas que estão nas igrejas, estão em uma expectativa de ver um anjo entrar na igreja para “animar o culto” fazer um movimento ou até imaginam que este anjo poderia fazer algum milagre a favor deles.

Chegou um momento na jornada do povo de Israel pelo deserto, em que Deus intenta se afastar-se do povo para os preservar, e sendo assim ele faz uma proposta a Moisés; Eu não estarei mais com vocês, porem enviarei um anjo que irá diante de vós, porem contrariando a atitude atual, Moisés diz a Deus, que não daria nem mais um passo, a não ser que Deus estivesse com eles.

EX 33.13-16 Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo. Disse pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar. Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui. Como, pois, se saberá agora que tenho achado graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares tu conosco, de modo a sermos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra?

 

b)MOVIMENTO

Hoje as pessoas entram em um culto, esperam o que eles chamam de MOVIMENTO, e se por acaso esse tal movimento não acontecer, eles se frustram por acreditarem que Deus, não estava no culto, pois para elas o que vale é aquilo que está diante dos seus olhos, estão focalizadas naquilo que é visível e por isso dão tanto valor ao anjo que desce, ou ao movimento que ele faz, pois assim conseguem aplacar a sua incredulidade quando veem  alguma coisa palpável.

Quando Elias se pôs de joelhos orando para que Deus mandasse novamente chuva sobre eles, ele deu uma missão ao jovem que andava com ele dizendo, olhe e me fale o que você vê, e assim orou por várias vezes enquanto o jovem procurava alguma coisa para olhar, até que no horizonte ele vê se formar uma pequena nuvem, e assim ele corre até Elias e diz; eu vi uma nuvem, e neste instante o profeta  relaxa e para de orar, e assim o jovem repete dando ênfase ao tamanho da nuvem, dizendo; ela é do tamanho da mão de um homem (algo insignificante diante daquela seca) , porem o profeta manda ele tirar o foco do tamanho da nuvem, e assim deu ele a oportunidade de ouvir o barulho da chuva que já estava chegando.

I Reis 18.44  E sucedeu que, à sétima vez, disse: Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar. Então disse ele: Sobe, e dize a Acabe: Aparelha o teu carro, e desce, para que a chuva não te impeça

 

c)POVO

Hoje uma das grandes barreiras em que focalizamos o nosso olhar, são pessoas, pessoas que estão a nossa volta, pessoas que passamos parte da vida tentando impressiona-las ou supera-las, e sendo assim perdemos um tempo precioso em nossa vida olhando para as pessoas.

 c-1) FLUXO DE SANGUE

A mulher do fluxo de sangue ao chegar até Jesus se vê diante de uma grande multidão em movimento, impossibilitando sua aproximação, e assim ele passou algum tempo esperando por uma brecha, até que do outro lado da multidão, Jairo, um chefe de uma sinagoga consegue com mais facilidade chegar até a ele, e o faz parar para ouvir o seu pedido por socorro, porem como aquela mulher tinha como meta alcançar a Jesus, ela aproveitou aquele momento para se aproximar e assim tocar na orla do seu manto, e alcança o seu tão sonhado milagre.

MC 5.27 Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a MULTIDÃO, e tocou na sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei.

 

  c-2) ZAQUEU

Qual era o problema de Zaqueu que o impedia de ver Jesus? Provavelmente sua resposta seja que ele era pequeno, porem se olharmos mais profundamente, veremos que este nunca foi problema para alguém ver Jesus, pois suponhamos que a multidão estivesse sentada como no sermão do monte, ou esperando a multiplicação dos peixes, ele não teria nenhum problema em ver Jesus, pois sua altura não significaria nada, e sendo assim posso afirmar que o problema de Zaqueu não era seu tamanho e sim o povo que havia na sua frente, pois esses sim, não deixavam ele se aproximar, isso tanto é verdade que mesmo no fim da História o povo ainda aparece em sua janela para tentar acusa-lo diante de Jesus, e são surpreendidos por sua atitude e pelas palavras de perdão que cristo libera sobre ele e sua casa.

 

LC 19.1 E, TENDO Jesus entrado em Jericó, ia passando.  2 E eis que havia ali um homem chamado Zaqueu; e era este um chefe dos publicanos, e era rico. 3 E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da MULTIDÃO, pois era de pequena estatura.

 

c-3)MULTIPLICAÇÃO DE PEIXES

Já era tarde, e os discípulos trazem um problema para Jesus; Mestre é muita gente, precisamos se livrar deles, antes que nos crie problemas maiores, ora visto que não temos como alimenta-los, nem com um fortuna em dinheiro aqui poderíamos alimentar a todos, porem o que não percebiam era que não adiantava se livrar da multidão, e sim alimenta-los, como Jesus fez.

LC 9.12   E já o dia começava a declinar; então, chegando-se a ele os doze, disseram-lhe: Despede a multidão, para que, indo aos lugares e aldeias em redor, se agasalhem, e achem que comer; porque aqui estamos em lugar deserto. 13 Mas ele lhes disse: Dai-lhes vós de comer. E eles disseram: Não temos senão cinco pães e dois peixes, salvo se nós próprios formos comprar comida para todo este povo. 14 Porquanto estavam ali quase cinco mil homens. Disse, então, aos seus discípulos: Fazei-os assentar, em ranchos de cinqüenta em cinqüenta.

 

 

2)NA PORTA DO TEMPLO

Olhando ainda sob esse mesmo aspecto da visão, para a vida de outra personagem da bíblia, vemos na porta do templo, um homem que era levado para lá todos os dias para pedir esmolas, e a vida dele se resumia em olhar para as pessoas para analisa-las vendo entre elas qual parecia ser mais propensa a lhes dar um esmola, porem um dia vindo para a oração, Pedro e João se deparam com o pedido de esmola dela, e o ordena que levante e assim ele foi curado, e todos firam maravilhados, porem o que mais me chama a atenção, é que antes de Pedro mandar aquele moço andar, ele diz; OLHA PARA MIM, ou seja; mude o foco da visão, para de olhar para as pessoas, para o possível lucro com as esmolas e olhe para mim, e então só após conseguir que aquele moço mudasse a sua atenção e focalizasse apenas nele e no que eles o ofereceriam quando disseram; não temos dinheiro, mais o que temo “ISSO” nos te damos; levanta e anda.

Pedro como um representante legal de Cristo na terra, mostrou para onde devemos olhar, não para as coisas terrenas e sim as celestiais.

Atos 3.1 E PEDRO  e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.

2 E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. 3 O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.  4 E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós

 

Salmos 34.5     Olharam para ele, e foram iluminados; e os seus rostos não ficaram confundidos.

 

MQ 7.5     Não creiais no amigo, nem confieis no vosso guia; daquela que repousa no teu seio, guarda as portas da tua boca. 6 Porque o filho despreza ao pai, a filha se levanta contra sua mãe, a nora contra sua sogra, os inimigos do homem são os da sua própria casa.  7 Eu, porém, olharei para o SENHOR; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá.

 

 

II)E VÊDE (o pior cego e aquele que não quer ver)

Minha avó costuma dizer há muito anos atrás que o pior sego é aquele que não quer vê, e ele sempre esteve certa, pois não conseguir enxergar é uma coisa , mas não querer vê, é outra totalmente diferente.

Quando Jesus mandou seus discípulos levantarem os olhos, parecia obvio que eles veriam algo, pois todo aquele que levanta os olhos, teoricamente o faz para vê alguma coisa, porem Jesus continua, e diz; e VEJA. Ou seja, você pode até olhar em alguma direção, porem se você não quiser vê, não adianta em nada.

 

1) MOÇO DE ELIZEU

Elizeu e seu moço estão no monte, o moço parece ter acordado mais cedo e olhando a sua volta, percebeu que estavam cercados por um exercito, então desesperado corre até Elizeu e mostra a ele quantos soldados estão a sua volta, pois na verdade era o que ele estava olhando, porem  o profeta com uma calma inquietante, manda que o moço se acalme, estende suas mãos sobre ele e ora a Deus dizendo:  SENHOR, ABRE OS OLHOS DESSE MOÇO, PARA QUE ELE “VEJA”, e tirando de sobre ele as mãos, o moço olho novamente, agora com um novo olhar e o que ele vê agora, é um numeroso exercito de Deus que estavam o protegendo, e assim ele percebe como um novo olhar, que muito mais, sãos os que estão conosco, do que os que no mundo estão.

II RE 6.17 E orou Eliseu, e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o SENHOR abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu. 18 E, como desceram a ele, Eliseu orou ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. E feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu.

 

2)ABRAÃO

Era madrugada, Abraão está em sua tenta sem sono, olhando até onde seus olhos podiam alcançar, olhando para o teto de sua tenda, quando ouve uma voz, que lhe Diz; Abraão, não temas, pois eu sou contigo, e te abençoarei. Porem Abraão lhe diz; Como assim? sou velho, sem descendente, faz anos que me promete, o único filho que tenho, é o Eliezer, me servo damasceno. Quando Deus diz a Abraão que ele seria abençoado, Abraão mais do que imediatamente, mostra a Deus as suas limitações, porem Deus, segundo o texto, o tira de dentro de sua tenda, onde seu olhar é limitado, e o diz; OLHA PARA O CÉU, em outras palavras, ele diz; Não há limites para quem sabe para onde olhar. OLHE PARA O CÉU.

Gênesis 15. 1   DEPOIS destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.  2 Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer? 3 Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro. 4 E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro. 5 Então o LEVOU FORA, e disse: OLHA agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência.

 

3)O SEGO DE BETSAIDA

Jesus acaba de entrar em Batsaida, uma cidade de pescadores, onde Jesus já havia feito alguns milagres, porem o povo ainda se mantinha incrédulo, então trouxeram um moço cego para que Jesus o tocasse, porem ao invés de Jesus o tocar como eles queriam, ele faz duas coisas importantes; Primeiro ele tira o moço do lugar onde está, e o leva para fora de Betsaida, e chegando fora da cidade, após passar saliva em seus olhos, ele lhe diz; OLHE PARA CIMA, e olhando o moço para cima como Jesus havia mandado, Jesus, e manda que ele abra os olhos, e assim ele fez, e o moço passou a ver, porem Jesus pergunta-lhe como ele está vendo, pois não adianta olhar e não vê as coisas como de fato, são, e o moço lhe diz; VEJO os homens como arvores, e ao dizer isso Jesus prossegue, tocando-lhe mais uma vez e então ele passa a enxergar normalmente.

MC 8.22 E chegou a Betsaida; e trouxeram-lhe um cego, e rogaram-lhe que “O TACASSE”23 E, tomando o cego pela mão, “LEVOU-O PARA FORA” da aldeia; e, cuspindo-lhe nos olhos, e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe se via alguma coisa.  24 E, “LEVANTANDO” ele os olhos, disse: Vejo os homens; pois os “VEJO COMO ÁRVORES” que andam. 25 Depois disto, tornou a pôr-lhe as mãos sobre os olhos, e fez olhar para cima: e ele ficou restaurado, e viu cada homem claramente. 26 E mandou-o para sua casa, dizendo: “NEM ENTRES NA ALDEIA”, nem o digas a ninguém na aldeia.

 

4) HAGAR

Hagar sai pelo deserto, para encontrar o seu lugar, perdida na vida, meio sem saber para onde ir, vai andando errante pelo deserto, até que sua água acaba, sem água ela ainda tem condições de andar por mais algumas horas, porem seu filho, nem tanto, e assim quando não podiam mais caminhar, já estavam sofrendo com a desidratação, ele resolve parar, porem vendo que o menino iria morrer a qualquer momento, ela o coloca sentado em um canto e se distancia o máximo que pode dele, para não ouvir seu ultimo gemidos, porem de repente ela ouve uma voz que diz a ela que não temesse, pois Deus havia ouvido a voz do menino, e eles não morreriam ali, então o texto finaliza dizendo que; DEUS ABRIU OS OLHOS DE HAGAR, E EL VIU UM POSSO. Pergunta; Como ela não havia visto o posso antes? Pois e bem certo que o posso já estava lá, ou se fosse ao contrário, o texto diria que Deus abriu um posso, porem o que o texto diz, é que Deus Abriu os olhos de Hagar, e assim ela viu um posso.

Hoje muitos de nos estamos como Hagar, sentados sobre posso e morrendo de sede.

GN 21:19  Abrindo Deus os olhos dela, ela viu na frente dela um poço

 

 

CONCLUSÃO

Estamos vivendo como cegos que enxergam, mas não vê, que olha para as coisas acontecerem e fingimos que nada está acontecendo, fechado em nosso mundo limitado, por não querer olhar para o céu, porem hoje Deus lhe diz; OLHAI PARA CIMA, OLHAI PARA O CÉU, OLHAI PARA CRISTO.

Os campos já estão prontos para a colheita, porem ninguém verá sem primeiro abrir os olhos, e olhar para o lugar certo

Autor: PASTOR AGNALDO REIS