Texto em resposta a essa pergunta, elaborada por um membro da igreja.

Bem, como metodistas, o que mais nos importa é a pregação da salvação, é levar as pessoas a Jesus Cristo. As diferenças doutrinárias são importantes para nos ajudar entender o caminho que percorremos na fé, mas não é fundamento, ou seja o mais importante. O critério da Salvação em Cristo é para nós, metodistas, portanto, o único ponto em que não podemos pensar ou agir diferente. Quanto às demais coisas e interpretações doutrinárias, podemos variar, sabendo, porém, que segundo a maneira com que interpretamos, nos comportamos no mundo e diante das pessoas.

Com base nisso, a pergunta que fizeram a vc não é uma questão fundamental para a vida Cristã. Apenas se trata de uma pergunta de cunho de curiosidade e, portanto, nem mesmo a Palavra de Deus lhe dá muita importância.Quanto a isso, quero destacar dois textos bíblicos que justificam o que digo:

Deuteronômio 29.29: “As coisas encobertas são para o SENHOR, nosso Deus; porém as reveladas são para nós e para nossos filhos, para sempre, para cumprirmos todas as palavras desta lei”. O Senhor, na Bíblia, não nos revela exatamente o que será da Terra, após a vinda de Jesus. E esse versículo nos chama a atenção para que a gente cuide de não buscar saber aquilo que Deus não revelou. Na história da Igreja, muitos erros foram cometidos, exatamente, porque homens e mulheres, até mesmo, com a melhor das intenções buscaram saber e dizer das coisas do alto, baseados em conjecturas e sabedoria humana. O resultado disso foram muitos desvios, culminando em vãs doutrinas. A disciplina da Escatologia Bíblica (que trata dos assuntos do fim), a partir de estudos sérios, aqueles que fazem conjecturas das Escrituras, mas buscam apenas afirmar o que elas permitem e dão a conhecer, não enveredam pelo caminho dessa pergunta que fizeram a vc, ou seja, sobre o que será do Planeta Terra, após a vinda de Jesus (As Testeminhas de Jeová têm trazido muita confusão sobre esse assunto em suas doutrinas. Na verdade, o que estão fazendo é desobedecer o que diz Deuteronômio 29.29). Portanto, o melhor a fazer é seguir esse conselho bíblico. Mesmo as coisas reveladas só tem o objetivo de obedecermos ao que Deus nos manda fazer para a nossa santificação, salvação…. Assim, entendo que Deus não revelou nada sobre o que será do Planeta Terra, exatamente porque isso não contribui em nada para a nossa salvação ou para a nossa santificação.

Aprenda a ser u pregador de excelencia hoje mesmo

Apocalipse 21:1: “Então vi um novo céu e uma nova terra, pois já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.” Versículo simples e claro. Deus não se importa em falar do que será do Planeta Terra, mas do lugar que ele está preparando para os salvos, sem muitos detalhes. O apóstolo Paulo fez questão de salientar a esse respeito que “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (1 Coríntios 2:9). Assim, mesmo em relação àquilo que será da vida com Deus, o Pai não entra em detalhes conosco, só nos faz saber que será muito melhor do que podemos imaginar.Penso que a melhor resposta que vc poderia dar é compartilhar a fé do Evangelho e viver em santidade para testemunhar a salvação e a vida em Cristo.

Um abraço,

Pr. Otávio Júlio Torres
Igreja Metodista

 

Fonte: Filosofia e Teologia