Embora desejando não dever nada a ninguém, por isso, com sincera apreciação do que é nobre nestas tentativas, estou plenamente firme em minha convicção de que nenhuma ajuda deve ser esperada deste quartel. Uma Teologia que virtualmente destrói a autoridade das Santas Escrituras como um livro sagrado; que nada vê no pecado exceto uma falta de desenvolvimento; que reconhece Cristo como nada mais que um gênio religioso de importância central; que vê a redenção como simples reversão de nosso modo subjetivo de pensar; e que se satisfaz num misticismo dualisticamente oposto ao mundo do intelecto, – uma Teologia como esta é semelhante a uma represa cedendo diante do primeiro assalto da maré invasora. É uma Teologia sem controle sobre o povo, uma quase religião, absolutamente impotente para restaurar até mesmo a uma firmeza temporária nessa triste vacilante vida moral.
Abraham Kuyper
In: Calvinismo.